quinta-feira, 17 de março de 2011

MARIA CONCEIÇÃO LOPES VEIGAS



CONHECIDA POPULARMENTE POR MARIQUINHA, VELHA CURANDEIRA DE QUEBRANTO E DE MAU OLHADP, NA CIDADE DE ANGICOSRN

5 comentários:

  1. Gostaria que alguem me enviassee o endereco da pessoa porque eu estou prrecisando porque mork em paris franca na europa e aqui e dificil de encontrar essas pesoas.. muito obrigado

    ResponderExcluir
  2. Precisava falar com essa senhora moro em paris franca na europa aqui e muito complicado e muito dificil ou nao existe rezadeira o que e una pena. Sera qur alguem me pode passar o endereco e o telefone dela. Agradeco muito obrigado

    ResponderExcluir
  3. OLA DONA MARIA EU PRECISO FALAR COM A SENHOR MEU NOME MARIA SANTOS TELEFONE 83 88354142

    ResponderExcluir
  4. Gente alguém conhece uma Rezadeira com o nome de Amália por favor se conhece meu zap 83993853491

    ResponderExcluir
  5. Gente alguém conhece uma Rezadeira com o nome de Amália por favor se conhece meu zap 83993853491

    ResponderExcluir

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS
A SUA ENCICLOPÉDIA DIGITAL, COM 64 BLOGS E MAIS DE 2 MIL LINKS

Quem sou eu

Minha foto
Marilia Jullyetth Bezerra das Chagas, natural de Apodi-RN, nascida a XXIX - XI - MXM, filha de José Maria das Chagas e de Maria Eliete Bezerra das Chagas, com dois irmãos: JOTAEMESHON WHAKYSHON e JOTA JÚNIOR. ja residi nas seguintes cidades: FELIPE GUERRA, ITAÚ, RODOLFO FERNANDES, GOVERNADOR DIX-SEPT ROSADO e atual na cidade de Apodi. Minha primeira escola foi a Creche Municipal de Rodolfo Fernandes, em 1985, posteriormente estudei em Governador Dix-sept Rosado, na no CAIC de Apodi, Escola Estadual Ferreira Pinto em Apodi, na Escola Municipal Lourdes Mota. Conclui o ensino Médio na Escola Estadual Professor Antonio Dantas, em Apodi. No dia 4 de abril comecei o Ensino Superior, no Campus da Universidade Fderal do Rio Grande do Norte, no Campus Central, no curso de Ciências Econômicas. Gosto de estudar e de escrever. Amo a minha querida terra Apodi, porém, existem muitas coisas erradas em nossa cidade, e parece-me que quase ninguém toma a iniciativa de coibir tais erros. Quem perde é a população.